quarta-feira, 14 de julho de 2010

E mesmo sem motivo algum, um enorme sorriso se expandiu em meu rosto.
Porque, de alguma forma, eu sabia que aquele Adeus seria temporário.
Você pertence a mim, e isso ninguem pode mudar.

Um comentário:

  1. Gostei do Blog

    visite-me

    http://verdorinvisivel.blogspot.com/

    ResponderExcluir